Pesquisar este blog

eles estao on!!!

visitas no blog

Seguidores

FeedBurner FeedCount

terça-feira, 20 de outubro de 2009




Só quem viveu e era criança naquela época é quem sabe doq eu to falando ...
Ai crianças q eram felizes ,e tinham inocencia e curtiam a essencia de ser criança!!!
Eu me lembro dos desenhos rsrsrs acordava cedo só pra tomar café com a xuxa mas na hora q ela ia embora iaiai como eu chorava srsrs
E quando saia do pré a ansiedade de chegar em casa para ver o fofão na tv e comer um pão com amendocrem!!!
Enloquecia a minha mãe por um delicioso chocolate suflair !!!
Nossa era muito bom descer a ladeira de bicicleta ,uma magrela feia cheia de adesivo do snoop!!kkkkk
A q saudade da minha infancia querida !! entao pra vcs q viveram essa época de sonhos e brincadeiras e goloseimas aqui ta um pouquinho de tudo q nos da muita saudade!!
KKKKKKKKKKKK Lembro do meu primeiro video game um atari q herdei de
um filho de uma amiga da minha mãe rsrsrs me divertia pra valer naquele tempo oq valia era se divertir nao interessava se era usado ou nao se funcionasse era aquela festa !!!
me lembro do primeiro poema q eu li era lindo !! Meus oito anos que dizia assim...

MEUS OITO ANOS

Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais!
Como são belos os dias
Do despontar da existência!
— Respira a alma inocência
Como perfumes a flor;
O mar é — lago sereno,
O céu — um manto azulado,
O mundo — um sonho dourado,
A vida — um hino d'amor!
Que aurora, que sol, que vida,
Que noites de melodia
Naquela doce alegria,
Naquele ingênuo folgar!
O céu bordado d'estrelas,
A terra de aromas cheia
As ondas beijando a areia
E a lua beijando o mar!
Oh! dias da minha infância!
Oh! meu céu de primavera!
Que doce a vida não era
Nessa risonha manhã!
Em vez das mágoas de agora,
Eu tinha nessas delícias
De minha mãe as carícias
E beijos de minhã irmã!
Livre filho das montanhas,
Eu ia bem satisfeito,
Da camisa aberta o peito,
— Pés descalços, braços nus
— Correndo pelas campinas
A roda das cachoeiras,
Atrás das asas ligeiras
Das borboletas azuis!
Naqueles tempos ditosos
Ia colher as pitangas,
Trepava a tirar as mangas,
Brincava à beira do mar;
Rezava às Ave-Marias,
Achava o céu sempre lindo.
Adormecia sorrindo
E despertava a cantar!
................................
Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!
— Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
A sombra das bananeiras
Debaixo dos laranjais!

Época boa de se lembra rsrs!!!!

DEpois diss oq veio já é outra história!!!

Um comentário:

  1. e ai amiga arebentouu na musika é nois.. aiiiii sente a brisa kkk bjs te adorooo

    ResponderExcluir

selos q ganhei!!!! valeu gente!!! e outros interessantes!!!

liga das gurias Blogs

filmes e livros

  • A cabana
  • livro descanse em paz meu amor
  • crepusculo

todos meus posts!!